Título original: Esquimolândia
Autor: Ulisse Alves
Editora: Chiado Editora
Páginas: 61
Lançamento: 2014
Avaliação: ★★★★★


Sinopse: Tudo aquilo que existe, precisou primeiro não existir. Se tudo o que existe é real e sua base foi a não existência, então tudo o que não é real existe como base de tudo o que é real. Aqui estão os fragmentos dessa verdade semi-mentirosa." Esquimolândia" narra as aventuras impossíveis de personagens distorcidos em um mundo caótico e sem sentido. Tal qual o mundo que chamamos de mundo. Porém, Esquimolândia não tem a responsabilidade forçada de ser coerente o tempo inteiro, ou em tempo algum. "Esquimolândia" é um mundo feito sob medida para quem gosta de viver os exageros contidos da existência. Ou talvez não seja nada disso, vai saber.

Bem, esse, com certeza, não é um livro comum. E eu sinceramente não sei bem como falar dele, não por ser difícil ou algo do gênero, mas por ser um livro tão diferente que não há jeito de se falar dele.
Confesso, que no início da leitura fiquei um tanto surpresa, incomodada, julguei o livro pela primeira página (sabe aquele tal de conceito pré concebido? Então) e abandonei a leitura. Porém depois resolvi dar uma chance real a ele e não me arrependi.

“Tudo bem, Mariana, conte-me mais”

Bem, o livro narra as aventuras de dois garotos de idade incerta, Valter e Danilo, tudo começa com o sumiço da rua de Esquimolândia onde Valter mora. A partir daí, varias outras coisas loucas começam a acontecer e Valter, separado de Danilo, vivem varias aventuras. Os dois lidam com as adversidades que surgem em seu caminho de formas bastante variadas e nos mostram coisas jamais vistas, como um cachorro de 3 patas, uma escova sem braço, um carrinho de brinquedo negociante, um lago de patas, o poder da baba e etc

Esquimolândia pode parecer um livro bobo, talvez infantil, ou sem pé nem cabeça, mas se você prestar atenção em detalhes, com certeza perceberá que por trás da história há bem mais que isso.
E, relendo o livro há poucos dias percebi o tanto de preconceito literário que havia em mim. Esse livro me fez pensar em quão superior eu me achava (em termos de literatura) e me ajudou a trabalhar para melhorar isso. (um bônus!)

No mais, Esquimolândia é um livro divertido, um ótimo passa tempo, e que quando você engata na leitura, com certeza te faz viajar. Um livro de escrita simples, e leitura fácil e rápida.


Vale a pena dar uma chance.

Para a compra do livro e mais informações: Ulisses Alves

Resenha feita por: Mariana Gomes


Deixe um comentário