O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto
   O Dia Internacional das Mulheres e a data de 8 de março são comumente associados a dois fatos históricos que teriam dado origem à comemoração. O primeiro deles seria uma manifestação das operárias do setor têxtil novaiorquino ocorrida em 8 de março de 1857 (segundo outras versões em 1908). O outro acontecimento é o incêndio de uma fábrica têxtil ocorrido na mesma data e na mesma cidade. Não existe consenso entre a historiografia para esses dois fatos, nem sequer sobre as datas, o que gerou mitos sobre esses acontecimentos.
   Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender invocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas.
Em 1975, foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres.


1- Poster alemão de 1914 em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, conclama o direito ao voto feminino.
2- Hipátia foi uma astrônoma romano-egípcia, coincidentemente assassinada no dia 8 de março de 415
3- Membros da Women's International League for Peace and Freedom, em Washington, D.C., 1922.
Mulher
Semente…
Ser-mente…
Ser que faz gente,
Ser que faz a gente.

Mulher
Ser guerreiro, guerrilheiro, lutador…
Multimídia, multitarefa, multifacetada, multi-acaso…
Multi-coração…

Mulher
Ser que dá conta,
Que vai além da conta,
Que multiplica,
Divide, soma e subtrai, sem perder a conta,
Sem se dar conta, de que esse século foi seu parto,
Na direção de seu espaço,
De seu lugar de direito e de fato,
De seu mundo que lhe foi usurpado e que agora é por ela ocupado.

Mulher…
Esse ser florado,
esse ser adorado,
esse ser adornado,
que nos põem em um tornado,
nos deixa saciado e transtornado,
que nos faz explodir e sentir extasiado.
Ser admirado…

Mulher…
Nesse final de milênio, faça a transição.
Tire de seu coração a semente que vai mudar toda a gente
Levando o mundo a ser mais gente…
Um mundo mais feminino,
Mais rosado e sensibilizado,
Mais equilibrado e perfumado…

Parabéns mulher!
Não pelo oito de março,
Nem pelo beijo e pelo abraço,
Nem pelo cheiro e pelo amaço.
Mas por ser o que és…

Húmus da humanidade,
Raiz da sensibilidade,
Tronco da multiplicidade,
Folhas da serenidade,
Flores da fertilidade,
Frutos da eternidade…
Essência da natureza humana


Feliz dia da Mulher!
Xoxo!


Deixe um comentário