Como uma pessoa de nacionalidade Inglesa que sou, nada melhor que falar um pouco mais do país. Mentira, não sou nada. Sou brasileira mesmo, maaas, acredito, que minha alma seja. Até parece. Sou loucamente apaixonada por Londres, desde que me entendo por gente. E como algum dia quero conhecer, vez ou outra, pesquiso algumas coisas sobre a cidade, e vou te contar, tem cada lugar lindo. Mas, vamos ao post senão ele vai ficar enorme.

   Enquanto eu estava pesquisando sobre a cidade encontrei um site perfeito que tinha, praticamente, tudo sobre Londres. O Mapa Londres. Lá tem muitas informações e pode te ajudar a planejar sua viagem de uma forma bem completa. Tem informações sobre os aeroportos, dicas de hospedagem, transportes, locais com descontos para compras, pubs, agenda de eventos da cidade e roteiros. E... foi lá que encontrei quase todas as informações para o post.

    Mais conhecido: Big Ben



   Quando você pensa no Big Ben, de Londres, que imagem lhe vem à memória? Dificilmente, a resposta será: “O sino”. Diferentemente do que muitos pensam, Big Ben é o apelido do sino que reside na torre do relógio do Palácio de Westminster. O nome oficial do sino é Great Bell, o do relógio, Great Clock, e o da torre onde eles residem, Elizabeth Tower. Então, oficialmente, o ícone mais famoso de Londres se chama Elizabeth Tower, porém o apelido foi tão difundido, que a maioria se refere à torre inteira como Big Ben. Saiba Mais.




Como em toda cidade, Londres também tem pontos turísticos incríveis. Separei apenas 3, mas a lista é bem maior. A lista com os 20 mais visitados você pode conferir aqui.

1. Museu Britânico

   Se três museus no mundo inteiro entrarem na sua lista turística até o fim da vida, um deles deve ser o British Museum, o Museu Britânico, em Londres. Para ter uma ideia, uma vaga ideia: o lugar abriga 8 milhões de peças históricas de toda a humanidade. Saiba mais.

2. Palácio de Buckingham


   Embora a Rainha Elizabeth se sinta em casa no Palácio de Windsor, sua residência oficial é o Palácio de Buckingham. Os 77 mil metros quadrados de área construída foram erguidos ao longo de mais de 75 anos. Era uma grande casa do Duque de Buckingham adquirida pelo Rei Jorge III, em 1762. O Palácio tornou-se a residência oficial da monarquia britânica em 1837, com a ascensão da Rainha Vitória. Saiba mais.

3. London Eye


   A London Eye é a terceira maior roda-gigante do mundo e um dos pontos turísticos mais disputados de Londres. Ela possui 135 metros de altura e serve como um observatório da cidade. Foi construída para a celebração da virada do milênio e tinha um tempo de existência pré-programado de cinco anos. Porém, assim como a Torre Eiffel, de Paris, que também seria desmontada mais tarde, a London Eye tornou-se um marco e já faz parte da história como um grande monumento enraizado na paisagem de Londres. Saiba mais.

Parques: 

1. Hyde Park


O Hyde Park é quase uma entidade em Londres. Ele reúne a fauna e a flora mais afamada da capital britânica, frequentemente captadas em vídeo e fotos e divulgadas no mundo todo por turistas e pelos próprios londrinos, que não renegam a beleza de seu grande estandarte verde. Saiba Mais.

2. Holland Park


O Holland Park é um parque pequeno e romântico. Comparado com o Hyde Park, trata-se de uma miniatura. O Hyde Park tem 140 hectares, enquanto o Holland Park, apenas 22. O tamanho diminuto não limita sua beleza. O visitante encontra lindas árvores, belas flores, animados pavões, ouriçados esquilos e um encantador jardim japonês, o Kyoto Gardens. Saiba Mais.

3. Green Park


O Green Park de Londres faz jus ao nome: é um parque verde do começo ao fim. Em seus 19 hectares, acolhe apenas dois monumentos, o Canada Memorial e o Constance Fund Fountain. Saiba Mais.

Se você é fã da saga Harry Potter, com certeza, não vai querer deixar de visitar alguns locais específicos… Olha só:

1. Plataforma 9 ¾ em King’s Cross


   A plataforma 9 ¾ da estação King’s Cross, em Londres, é parada obrigatória para os fãs de Harry Potter. Na história, o bruxinho e sua trupe utilizam a passagem secreta em uma parede do local para pegar o Hogwarts Express, o trem que conduz os alunos à escola de bruxaria.
   Em homenagem aos fãs da série, a estação agora de fato possui sua plataforma 9 ¾, com direito a plaquinha na parede e um carrinho de bagagens do qual se pode ver apenas a metade que ainda não atravessou a passagem para o outro lado.



   Esse é um ponto turístico que pode ser deixado para a noite, quando outras atrações já fecharam. Depois das 20h, há pouco movimento no lugar, o que favorece as fotos de quem deseja posar de bruxo e sonhar, por alguns instantes, em ir para Hogwarts também. Saiba Mais.

       2.Estúdio de Harry Potter


   Em Londres, a Warner Bros abre as portas do estúdio que serviu de locação para as filmagens da série do bruxinho mais famoso e longevo do planeta. Por isso, caso sua varinha já tenha sido aposentada, recorra a uma boa câmera, afinal você poderá fotografar todo o passeio, incluindo o quartinho de Harry embaixo da escada dos Dursley, o escritório de Dumbledore, o Salão Comunal e até a sala da odiosa Dolores Umbridge. Saiba Mais.

   Confesso que enquanto estava fazendo este post fiquei com uma enorme vontade de sair correndo pra Londres. Alguém quer me levar? Se é possível ficar mais encantada por uma cidade sem nem conhecer, acredite, eu estou. Não vou nem comentar sobre a vontade de conhecer o Estúdio Harry Potter, porque né…


Deixe um comentário