Título Original: Fifty Shades of Grey
Autora: E.L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
Avaliação: ★★★★☆


Sinopse: Quando Anastásia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.
   
   Cinquenta tons de cinza... Um livro que recebeu muitas críticas e também elogios. Causou um alvoroço nas redes sociais. Foi bastante comentado e citado. Fez, e acredito que ainda faça, muito sucesso. E... virou filme!
    Eu acompanhei toda a repercussão após o lançamento do livro, porque faço parte de vários grupos de leituras no facebook, então posso dizer que os comentários não foram poucos e muitos foram negativos
   Teve muita gente que formou uma opinião sobre o livro, se ao menos ter lido, baseando-se em opiniões de outras pessoas, que provavelmente também não leram o livro e também opinaram sobre assunto tendo como base a opinião de outra pessoa que também não leu... Isso acaba formando um ciclo infinito de críticas sem consistência. Então, se você não leu, leia e tire suas próprias conclusões. Se você leu, compartilha aqui com a gente sua opinião.
   A resenha do livro será baseada na conclusão que tirei do livro quando li. E esta será a minha opinião, portanto, se a sua for diferente, tenha respeito ao discordar e mente aberta aceitar para novas opiniões.


"Ele me enche de certezas e depois me cobre de dúvidas."


   Quando Ana conheceu Christian Grey mal sabia ela que, aquele homem atraente, decidido e dominador, entraria em sua vida e bagunçaria tudo e a transformaria em uma pessoa totalmente diferente, ou se preferir, em ela mesma, mas de uma forma diferente. Ela que estava acostuma com a vida rotineira que tinha, se apaixonar por Christian era a coisa mais assustadora que ela poderia imaginar... bom, até saber quem ele realmente é.

   Christian, por outro lado, se surpreende e se sente atraído pela  beleza e o modo meigo de Ana, mas em seus próprios temos. Ele tem um jeito totalmente diferente, do que Ana esperaria, de se relacionar com uma mulher. Os mistérios e segredos de Christian puxam Ana para mais perto dele, mesmo quando sua consciência grita para ela corra. Quando Christian impõe suas preferências, Ana fica chocada e ao mesmo tempo curiosa e atraída, mas ainda assim, ela fica com o pé atrás em concordar.

   Se jogando no desconhecido, Ana se envolve e começa a perceber que, por trás de toda a fachada de homem bem sucedido, Christian é extremamente controlador e atormentando por acontecimentos do passado. Envolvidos nesse caso de amor, Ana não só descobre seus próprios desejos, que ela nunca pensou que teria, como também os obscuros segredos que Christian Grey quer manter no escuro.
    
"A gente precisa aprender a caminhar, antes de correr."


    Bom, na minha opinião, o livro tem muito mais a oferecer do que muitos acham. Vi muitas pessoas dizerem que é livro para mulheres mal amadas e coisas do tipo... Não, sinceramente, não! 
   O livro tem uma história de amor, que para os personagens eram quase impossível, tem lições e superações de medos e angustias do passado, mas tem também relações sexuais bastante detalhada e esse foi o motivo de toda a repercussão. 


   Sadomasoquismo, para quem não sabe refere-se a relações entre tendências diferentes entre pessoas buscando prazer sexual, -Obrigada google-, não um assunto em que as pessoas estão acostumadas a falar ou, no caso, ver em um livro.

    Tem quem goste e tem quem não goste. No meu caso, foi o primeiro livro que livro com essa temática e gostei. Gostei porque é um livro diferente dos demais. Gostei porque a autora foi feliz na escrita e acredito que tenha alcançado seu objetivo. Apesar do livro ser bem lento nos acontecimento e no desenrolar da história, o que dificulta um pouco a leitura, é bem fácil de se compreender o que está sendo proposto.

   Eu preferi ler o livro depois que passasse todo aquele alvoroço e falatório, porque assim eu poderia ler o livro sem ter que ler cometários o tempo todo. Foi uma questão de escolha, mas sei que muita gente prefere ler quando o livro está em alta e tudo mais.

  O livro é do gênero Literatura Erótica e, portanto, não é recomendado para menores de 18 anos. 

"Ás vezes é difícil admitir algumas coisas para si mesmo."

Caso queira ler, este é o link para baixar o pdf: Le Livros



2 Comentários

  1. otimo livro, gostei da resenha! Te convido a conhecer o meu blog. Se gostar me dá uma forcinha seguindo, ctz retribuirei o carinho!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Farei uma visita ao seu blog sim.

      Beijos!

      Excluir