Autora: Alma Katsu
Páginas: 427
Editora: Novo Conceito
Avaliação: 
Sinopse: No turno da noite de um hospital no estado do Maine, o Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas, no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos. Lanny não é como as outras pessoas que Luke conheceu. E Luke fica, inexplicavelmente, atraído por ela... Mesmo sendo suspeita de assassinato; e conforme Lanny conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassam tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relato apaixonado começa na virada do século 19 na mesma cidadezinha de St. Andrew, quando ainda era um templo puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny fará qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela tem de pagar é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma narrativa sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional, não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir. E revela como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.



      Quem é vivo sempre aparece, pelo menos é o que dizem. Fiquei um tempinho sumida né? Bom, como eu disse na última postagem, eu estava na casa da minha, querida, avó e não pude atualizar o blog. Mas, para a alegria de todos, - sqn - estou de volta! Essa semana eu troquei o layout. Esse é um layout free, feito pela Bruna Borges, disponibilizado lá no Enjoy The Littlle Things. Lindo né?! Sem mais enrolações, vamos a resenha. Espero que gostem! Beijos.


   Para Luke Findley, um médico da cidade de St. Andrew, seria mais uma noite tranquila no hospital. Mas assim que o delegado local chega ao consultório com uma mulher ensanguentada e acusada por assassinato. Luke é orientado a examinar a mulher para ver se ela tem alguma ferida para que assim o policial possa a levar para a delegacia. 
   Luke sente uma estranha atração por ela. Na sala de exames, ele percebe que ela não tem nenhuma ferida e por curiosidade decide perguntar o que aconteceu. Descobre que ela se chama Lanore — Lanny — e também fica completamente surpreso ao descobrir que ela é imortal. Ela pede para que ele a ajude a fugir. Atordoado e sem entender o por que, ela ajuda ela. E durante a fulga, Lanny conta para ele tudo o que passou, como se tornou imortal e o preço que pagou por isso.

Não é fazer que é tão difícil, é viver com o que você já fez.


O livro é divido em partes, ora é narrado por Lanny, contando seu próprio passado, ora é narrado em terceira pessoa, contando os acontecimentos entre Lanny e Luke. Lanny, logo no início de seu relato,conta sobre sua vida na cidade de St. Andrew, muitos anos atrás, e seu amor por Jonathan, amigo de infância. Em um ponto da história, conhecemos o passado de Adair, personagem obscuro que marcou a vida de Lanny. Cada parte é separada por datas e a mudança na narrativa ajuda com a divisão das partes e não deixa que o livro confuso. 

“Uma garota poderia ser destruída num instante de amor divino. 
A questão era: Valia a pena?”

A história é cheia de surpresas, suspense, paixão. O história é envolvente e me deixou com uma curiosidade enorme para saber o que aconteceria nas outras páginas.  A autora não economizou as palavras para demonstrar as cenas de violência e o quanto alguns de seus personagens são cruéis: morte, tortura, abuso sexual, está por toda parte no livro. Sem uma linguagem muito vulgar, a autora consegue descrever cada cena com muitos detalhes. A linguagem do livro é bem fácil de se entender e a autora faz com que todo o enredo se desenrole facilmente.


“O verdadeiro caráter de um homem está em como se comporta diante da morte.”


15 Comentários

  1. Gosto muito desse genero, romance com sobrenatural. Vc ja leu paredes vivas? É bem assim, tem resenha no meu blog, vai la.
    Meu Deus... vou falir... esse vou comprar.

    Estantedomanuel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar desse livros, mas ainda não li.
      Vou conferir a resenha.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Cada vez eu me interesso mais por livros. Esse me deixou muito intrigada, to desejando já haha'
    Beijo !

    Meninascommmaiusculo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros são muito bons mesmo hehe'
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  3. Gostei muito da resenha, me parece ser um livro bem interessante. Gostei de você ter dito que ela não usa muito um vocabulário vulgar, me incomoda demais quando os livros estão cheios de palavras feias, =[ algumas é ok, mas muitas me incomoda.
    Fiquei com vontade de ler, gosto de livros assim, me faz ficar imaginando coisas depois, como seria se tudo fosse real kkk.

    www.amoreja.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não gosto muito de livros que tenham uma linguagem muito vulgar. E esse realmente não tem.
      Eu também fico imaginando essas coisas quando termino de ler um livro kkkk'

      Excluir
  4. Esse livro já está na minha estante há pelo menos um ano, e até agora não criei coragem de ler. Mas, depois de saber um pouquinho mais da narrativa, além desses quotes um tanto quanto reflexivos - ao meu ver - , acho que finalmente vou tomar vergonha na cara e tirar a poeira desse livro. Já passou da hora de lê-lo u_u \o

    Beijinhos e uma ótima semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, vale a pena tirá-lo da estante.
      Beijos e uma ótima semana pra você também

      Excluir
  5. Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
    Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
    Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
    PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
    seguindo e divulgando seu blog.
    Desejo-lhe muita saúde muita paz e grande felicidade, e também um Feliz-Natal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Vou, com certeza, retribuir sua visita!
      Feliz Natal pra você também!

      Excluir
  6. Esse livro parece interessante.
    Primeira resenha que vejo dele, gostei bastante!
    beijos

    Aline
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu amava a capa desse livro, mas nunca tinha parado para ler a sinopse.. e pela sua resenha, ele tem um pouco de tudo o que eu gosto: histórias em hospital, com romance, suspense.. e a autora parece ser boa.
    Então agora estou louca por esse livro, rs.
    Parabéns pela resenha e pelo blog como um todo, amei e já estou seguindo!
    Um ótimo 2014 para ti,com muitas realizações e sucesso!

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    espero a sua visita (: se gostar e quiser seguir, ficaria muito feliz! rs.
    beeeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você vá gostar desse livro... Bom, eu gostei rs
      Obrigada. E um ótimo 2014 para você também.

      Ah, e com certeza vou visitar o sei blog!

      Excluir
  8. Eu sou completamente apaixonada nesse livro! É lindo, maravilhosa, incrível!!!
    A autora escreve muito bem, a história te prende! Nossa, eu amo muito esse livro kkk
    bjs
    devaneiosdeinverno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir